Mais recentes

Notícias

› SITRAN e FETRANCESC dizem NÃO ao aumento de tributos

 Chapecó (4.4.2017) - A Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (FETRANCESC) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Chapecó (SITRAN), em nome do setor de transporte de cargas e logística do Estado e Região Oeste, tornam pública a insatisfação frente ao aumento da carga tributária pelo Governo Federal.

O transporte rodoviário de carga é uma das categorias mais afetadas pela recessão sem precedentes que assola o país, cujo PIB setorial retraiu 7,1% em 2016.

Na contramão do discurso do Governo Federal, aumentar impostos não é a única saída para diminuir o déficit do orçamento. Este aumento travestido de “corte de benefício fiscal” afetará setores relevantes da economia e representa, na verdade, somente 0,14% do orçamento total da União. 

Portanto, há espaço para a melhoria da eficiência pública antes do aumento da já enorme carga tributária.

Estatísticas demonstram que 65% de todas as cargas transportadas no Brasil são através do modal rodoviário Deste modo a reoneração desse setor terá um reflexo imediato no já alto custo Brasil e no bolso do cidadão brasileiro. O setor não comporta mais transportar o Brasil por péssimas estradas, ver o seu patrimônio roubado pela inexistência de segurança e pagar uma elevada carga tributária.

O serviço de transporte não produz, não industrializa e nem comercializa um bem, e sim, une os elos da cadeia logística. Portanto, o aumento da carga tributária terá um efeito catastrófico na economia de todos os setores, conduzindo ao aumento do desemprego e agravamento da crise.

O Governo do presidente Michel Temer tem apresentado avanços importantes, como a Reforma Trabalhista, PEC do teto dos gastos públicos. Entretanto, ao efetuar o aumento da carga tributária, demonstra que não tem competência para fazer o avanço que o BRASIL tanto precisa.

Diante desse cenário, a FETRANCESC e o SITRAN dizem NÃO ao aumento da carga tributária, uma vez que a mesma caracteriza uma afronta a toda a nação Brasileira e acredita que o crescimento vem pela REDUÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA.



Todos os direitos reservados ao SITRAN - (49) 3323-3704 Clipweb