Mais recentes

Notícias

› Novas multas Lei 13.281/16

Veja as mudanças trazidas pela Lei 13281/16 que alteram o CTB

O intuito da Lei foi atualizar os valores das multas de trânsito.

A Presidente Dilma Rousseff sancionou no dia 04 de maio de 2016, a Lei nº 13.281 que altera o Código de Trânsito Brasileiro. Esta Lei vai gerar grandes mudanças em relação ao valor das multas e também quanto ao tempo que o motorista poderá ter a carteira suspensa.

A Nova Lei vai impactar o bolso dos motoristas que receberem uma multa de trânsito, pois os valores das multas vão aumentar em até 66,12% pela gravidade da infração a partir de novembro de 2016. Para entender todas as mudanças veja (http://doutormultas.com.br/lei-13281-comentada/).

Abaixo tabela com os Valores Atuais e os Valores Atualizados.

GRAVIDADE Valor Atual                      Valor Reajustado
                        Leve R$53,20                           R$88,38
                        Média R$85,13                         R$130,16
                        Grave R$127,69                        R$195,23
                       Gravíssima R$191,54                  R$293,47

Observação: as multas podem ser Multiplicadas por até 10X dependendo da gravidade da infração.

Por Exemplo:

• A Multa por Falar ou Manusear o Celular passará de R$85,13 para R$293,47.
• Nos casos de Lei Seca o valor passará de R$1915,40 para R$ 2934,70.
• Estacionar em vagas reservadas às pessoas com deficiência ou idosos passará de R$127,69 para R$293,47.

O intuito da Lei foi atualizar os valores das multas de trânsito, que antes eram atribuídos com base em um índice de referência, o UFIR (Unidade de Referência Fiscal). Os valores não sofriam reajuste desde 2001, quando foi extinta a UFIR.

Agora o valor será tabelado e só poderá ocorrer novo aumento através de nova Lei Federal.

Em Relação à Suspensão do Direito de Dirigir, foi alterada a forma de determinação e também o período em que o motorista ficará sem poder dirigir.

A validade dos pontos das infrações continuará sendo pelo período de 12 meses; também se mantém as formas de ocorrência do processo de Suspensão, sendo elas o acúmulo de 20 ou mais pontos ou a incidência em uma infração que possua previsão específica da penalidade de suspensão.

Lei Antiga:
A previsão para penalidade era de um a 12 meses e, nos casos de reincidência dentro de um período de um ano a penalidade seria de seis até 24 meses.

Com a Nova Lei:
A Penalidade de Suspensão passará a ser de seis a 12 meses para os casos de penalidade por acúmulo de pontos, e quando reincidente de oito a 24 meses.

Para Suspensão gerada por infrações com previsão específica será de dois a oito meses e nos casos de reincidência de oito a 18 meses.

Também aponta que poderá ser de 12 meses quando houver previsão específica no artigo da infração.

A validade dos pontos das infrações continuará sendo pelo período de 12 meses; também se mantém as formas de ocorrência do processo de Suspensão, sendo elas o acúmulo de 20 ou mais pontos ou a incidência em uma infração que possua previsão específica da penalidade de suspensão.



Todos os direitos reservados ao SITRAN - (49) 3323-3704 Clipweb