Mais recentes

Notícias

› Entendimento precoce: Sitran defende rápido consenso na negociação salarial com trabalhador

 Proposta profissional será discutida por comissão que quer abortar exageros em debates

Chapecó (5.4.2016) - O novo salário a ser pago pelas mais de 1.500 empresas de transporte de cargas de Chapecó e Municípios que integram a base territorial do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Chapecó - Sitran, já está em análise. Em assembleia geral realizada nesta segunda (4) o sindicato começou a discutir a proposta dos trabalhadores. O Sitran negocia as Convenções Coletivas de Trabalho - CCTs, com os sindicatos da categoria de Chapecó e Xaxim e trabalhadores da movimentação de mercadorias de Chapecó.

O presidente do Sitran Deneraci Perin não quer que o entendimento se arraste por muito tempo. “Vamos evitar desgastes”, disse. Defende que o fechamento das Convenções “ocorra o mais breve possível”. Perin entende que mesmo diante da complexa e crítica situação econômica e politica do País, as partes devem se entender rapidamente.

O que está em pauta é o repasse integral da inflação acumulada no período, pouco superior a 11%. Perin argumenta que até o piso salarial de Santa Catarina sofreu aumento baseado nos índices inflacionários. “Nada mais justo que usarmos o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) como parâmetro de negociação”, argumenta. Num primeiro momento houve sugestão de repasse do INPC de maneira parcelada, a exemplo do que ocorreu com outras categoriais, proposta a ser levada em consideração.

Eleita para trata do assunto, a Comissão de Negociação com dez integrantes, e coordenada pelo empresário Lodovino Costella, deve se reunir já na próxima semana quando as primeiras medidas sobre o processo negocial serão tomadas. A comissão vai elaborar as respectivas contra propostas aos sindicatos dos trabalhadores de Chapecó e Xaxim. A data base profissional é 1º de maio. A construção das cláusulas é responsabilidade do assessor sindical Euclides Badin.

Orçamento - A assembleia dos transportadores também analisou e aprovou o balanço financeiro do exercício de 2015 e a previsão orçamentária para 2016. Não houve a mínima rejeição das contas apresentadas, nem tão pouco questionamentos sobre o orçamento definido. As peças tiveram parecer favorável por isso integralmente aprovadas pelo Conselho Fiscal do Sitran.

Foto: A assembleia discutiu a negociação salarial e aprovou contas de 2015 e orçamento do Sitran para este ano.

Assessoria de Imprensa Sitran



Todos os direitos reservados ao SITRAN - (49) 3323-3704 Clipweb